Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
3 passos que caracterizam um arrependimento sincero
Atos 29 Noticias

Quem não acompanha “Reis – A Consequência” e se depara com essa cena comovente de Absalão, em lágrimas, pedindo perdão à família, com certeza, se compadecerá do rapaz e ficará convencido de que suas lágrimas são legítimas.

No entanto, para quem vem acompanhando a trajetória de Absalão sabe que não passa de uma encenação para sensibilizar o pai, o Rei Davi.

Talento nato:
Aliás, diga-se de passagem, o talento de Absalão para as artes cênicas está à altura do de seu intérprete, o ator Rick Tavares. Então, nossos parabéns vai para ambos, o ator e o personagem.

“Eu sei o quanto eu fiz meu pai sofrer. Perdão, pai, me perdoa! Eu aprendi muito esse tempo que fiquei longe da minha família, e mesmo que eu diga que se eu pudesse voltar no tempo, eu não faria nada disso, isso nunca mais vai voltar. Mas agora eu decidi ser diferente”, disse o príncipe, em lágrimas.

A verdade no íntimo:
As lágrimas e as palavras de Absalão comoveram e convenceram a Davi que, como pai amoroso que é – e de certa forma – ingênuo, acreditou que eram sinceras. Mas o verdadeiro arrependimento implica em muito mais do que palavras bonitas e lágrimas derramadas. E mesmo que a pessoa consiga enganar a todos ao seu redor e até a si mesma, Deus conhece a verdade no íntimo.

“O arrependimento envolve sacrifício. Quando a pessoa se arrepende do pecado que ela cometeu, a primeira coisa que ela sacrifica é a mentira. Davi, depois de pecar, começou a criar situações para encobrir o seu erro, então, a primeira coisa que ele teve de fazer foi apresentar a verdade e deixar a mentira. Ali começou o sacrifício que agrada a Deus, que é o sacrifício de um espírito quebrantado, um coração contrito. Esse coração, que manifesta a verdade no íntimo, do lado de fora também”, destaca o Bispo Renato Cardoso.
“O grande problema de muitos pecadores é que eles se preocupam com o que os outros vão pensar ao seu respeito, mas não demonstram preocupação com o que Deus sabe e pensa a seu respeito. Então, aí está a razão de muitos não alcançarem arrependimento, porque não são sinceros, não são verdadeiros no seu íntimo, mentem até para si mesmos, enganam e, por isso, não conseguem deixar o pecado”, conclui.
3 passos para o arrependimento:
O Bispo Macedo destaca que o verdadeiro arrependimento envolve 3 passos importantes:

1º passo – Reconhecer que está em pecado. Se você não reconhecer não pode haver uma libertação. Esse reconhecimento já é um sinal do toque do Espírito de Deus na sua vida.
2º passo – Confessar o pecado. Você não pode ficar livre do pecado, enquanto o manter escondido.
3ª passo – Abandono do pecado. Uma vez que você os confessa e os abandona, você fica livre.
Então, não importa o que você fez, se ao contrário de Absalão você seguir esses 3 passos, alcançará o perdão de Deus.

A escolha é sua:
Mas, talvez você pense assim: ‘se eu confessar o meu pecado, se as pessoas souberem o que eu fiz, eu vou perder tudo, vou ficar muito envergonhado’.

“Pois é, é o preço… É o sacrifício que agrada a Deus. O sacrifício do seu ego, da imagem pública que você criou, é isso que tem que ser colocado no altar. Mas você tem a garantia de que se oferecer o seu ego a Deus e externar a verdade do seu íntimo, Ele será misericordioso, fiel e justo para te perdoar. A partir do momento que fizer isso, você vai começar a experimentar a paz, algo que você não sabe o que é há muito tempo. Há um preço a ser pago, mas há uma nova vida lhe esperando do outro lado do arrependimento. O que você escolhe? Carregar esse peso que vai ficando cada vez mis pesado, cujo fim é a morte eterna, ou você prefere 5 minutos corado de vergonha e depois disso a paz? A escolha não é de Deus, é somente sua”, avisa o Bispo Renato.

fonte https://www.universal.org/noticias/post/3-passos-que-caracterizam-um-arrependimento-sincero/

Deixe um comentário

× Fale com Apostolo Helio?