Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
Após pressão, faculdade católica feminina que aceitaria trans reverte decisão
Atos 29 Noticias


A faculdade católica Saint Mary's College em Notre Dame, Indiana, que é exclusivamente feminina desde sua fundação em 1844, recuou de sua decisão em admitir matrículas de homens biológicos que se identificam como mulheres. O anúncio foi feito pela presidente Katie Conboy e pela presidente do conselho Maureen Karnatz Smith por um e-mail na quinta-feira (21) dizendo que "o conselho decidiu que retornaremos à nossa política de admissão anterior".


Uma captura de tela do e-mail foi compartilhada online no mesmo dia pela ex-aluna Clare Anne Ath, que trabalha como gerente de assuntos governamentais da organização pró-vida Human Coalition. 🚨🚨BREAKING: @saintmarys has issued a statement REVERSING their admissions policy that would allow biological men to attend the Catholic women’s college. I just received an alumni email detailing the decision & would like to thank Bishop Kevin Rhoades, the @diocesefwsb, and… pic.twitter.com/ImERzvuOek — Clare Anne Ath (@clareanneath) December 21, 2023 “Acabei de receber um e-mail de ex-alunas detalhando a decisão e gostaria de agradecer ao bispo Kevin Rhoades, ao @diocesefwsb e às gerações de fiéis ex-alunas católicos do SMC que oraram sobre este assunto e manifestaram suas preocupações”, tuitou Ath.

Polêmicas e pedido de desculpas


A faculdade cristã causou polêmica no mês passado ao permitir que homens que se identificam como mulheres se matriculassem a partir de 2024. "Embora este tenha sido um momento desafiador para a nossa comunidade, acreditamos que o Colégio deve lutar continuamente com a complexidade de viver os nossos valores católicos num mundo em mudança", escreveu a presidente Conboy no seu e-mail, que foi obtido separadamente pelo The National Catholic Reporter e O sinal diário. A presidente da faculdade reconheceu que o impacto na comunidade desempenhou um papel na decisão, enfatizando que "a posição que adotamos não é consensual entre todos os membros de nossa comunidade".


“Alguns temiam que isto fosse muito mais do que uma decisão política: sentiam que era uma diluição da nossa missão ou mesmo uma ameaça à nossa identidade católica”, declarou Conboy. “Além disso, subestimamos claramente o desejo genuíno da nossa comunidade de se envolver no processo de definição de uma política de tal importância”. E continuou: "À medida que o último mês se desenrolava, perdemos a confiança das pessoas e criamos involuntariamente divisões onde esperávamos unidade. Lamentamos profundamente por isto."

‘Blasfêmia e rejeição à igreja’


O periódico estudantil The Observer relatou que o Conselho de Curadores votou a favor da modificação da política de não discriminação da Saint Mary, alterando-a para estabelecer que a admissão será concedida a candidatas de graduação "que se identifiquem consistentemente como mulheres ou cujo sexo seja feminino". “Não somos de forma alguma a primeira faculdade católica para mulheres a adotar uma política com este alcance”, escreveu Conboy num e-mail no início deste ano, citado pelo The Observer.


"Ao redigir o texto desta atualização, contei com a orientação da Equipe Executiva e de outros para garantir que nossa mensagem não esteja apenas alinhada com as melhores práticas para os estudantes universitários de hoje, mas que também inclua nosso compromisso de operar como um Colégio Católico para Mulheres." Os críticos da mudança incluem Ath, que questionou online se a Diocese Católica de Fort Wayne-South Bend havia respondido à situação. “Acabei de descobrir que minha alma mater @saintmarys, uma faculdade católica só para mulheres, aceitará HOMENS BIOLÓGICOS a partir do próximo outono”, escreveu Ath.


“Esta decisão é uma blasfêmia e uma rejeição completa da Igreja e de seus ensinamentos sobre gênero e sexualidade”.


fonte https://guiame.com.br/gospel/noticias/apos-pressao-faculdade-catolica-feminina-que-aceitaria-trans-reverte-decisao.html

× Fale com Apostolo Helio?