Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
Crianças cristãs são vítimas de bullying na Indonésia
Atos 29 Noticias


Hoje, celebra-se o Dia Mundial das Crianças. A data estabelecida pela ONU promove a defesa dos direitos das crianças. Um dos direitos violados para muitos pequenos é o da liberdade religiosa. Na Indonésia e em outras nações onde os seguidores de Jesus são perseguidos, crianças cristãs são vítimas de bullying na escola. As agressões envolvem piadas que aos poucos semeiam a dúvida sobre a divindade de Jesus no coração das crianças cristãs. A Indonésia abriga a maior população muçulmana do mundo e a pressão da intolerância religiosa impacta a vida escolar dos cristãos.

Piadas e constrangimento


Norman* é um menino cristão que gosta de brincar com os amigos no intervalo das aulas. Ele conversa sobre os assuntos comentados nas notícias e redes sociais ou sobre jogos online de celular de que gostam. Mas, com frequência, a brincadeira termina de maneira amarga, pois as crianças zombam da religião dele. O pequeno cristão é chamado de “sus” e outros nomes para zombar da sua fé. Certa vez, os colegas o carregaram da escola para a mesquita, onde ele foi instruído a recitar a shanada, um dos princípios de fé do islã que diz que não há outro Deus além de Alá e, no caso de Norman, negar a Jesus.


“Não levo mais as piadas para o lado pessoal. Já ouvi tantas que estou acostumado com elas”, diz Norman. Como minorias, os estudantes cristãos não podem fazer nada a não ser ouvir passivamente as ofensas. Durante o treinamento Permanecendo Firmes Através da Tempestade, organizado por parceiros locais da Portas Abertas, em um acampamento de jovens na Indonésia, outros estudantes compartilharam os comentários maldosos que recebiam diariamente na escola por causa da intolerância religiosa.


Em um dos encontros de pequenos grupos no acampamento, o jovem cristão Raymond* contou que “algumas vezes eles dizem coisas como: ‘Se você continuar sendo cristão, vai ser crucificado como o seu Jesus foi crucificado’. Eles zombam dos cristãos dessa forma, mas já estou acostumado”.

Dúvidas sobre a fé


Mas nem todos os jovens respondem as provocações da mesma forma. Os atos de discriminação causam dúvidas nos jovens cristãos recém-convertidos. A jovem Reva* cresceu com a mãe cristã e o pai muçulmano e disse: “Quando meu primo se converteu ao islã, pensei em fazer o mesmo. Achava que me tornar muçulmana tornaria a vida mais simples. Meus amigos parariam de tirar sarro de mim”.


Foi depois de participar do acampamento de jovens que Reva pôde enfrentar seus medos e fortalecer a fé em Jesus. “Aqui descobri que Deus realmente existe e está presente em minha vida.” Linda*, uma professora cristã também contou que “descobri que meus alunos são alvos de bullying com frequência, mas estou grata pelo acampamento de jovens, pois vi a fé deles se fortalecer. Aqui, os alunos aprendem a responder aos assédios com a verdade, sem medo e com amor”. *Nomes alterados por segurança.

Pedidos de oração

  • Louve a Deus pelo que tem feito por meio dos acampamentos de jovens na Indonésia.
  • Interceda pelos professores e alunos cristãos para que saibam lidar com o bullying com sabedoria e graça.
  • Ore pela salvação daqueles que zombam dos seguidores de Cristo.
  • Peça ao Senhor que cure as feridas das crianças cristãs perseguidas por amarem a Jesus.


fonte https://portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/criancas-cristas-sao-vitimas-de-bullying-na-indonesia

× Fale com Apostolo Helio?