Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
Cristã é interrogada por dez horas na China
Atos 29 Noticias
Há alguns dias, compartilhamos o testemunho de Jia*, uma cristã chinesa que relatou a pressão que evangelistas enfrentam por compartilhar o amor de Deus na China. Ao voltar ao vilarejo da família durante festividades, Jia foi surpreendida. Veja o que aconteceu. “Recebi a ligação do meu pai enquanto visitava alguns parentes. Ele me disse que alguns policiais estavam em casa e queriam me interrogar sobre assuntos relacionados à COVID-19". Depois de visitar a família, Jia e o marido voltaram para a casa dos pais. “Quando chegamos na entrada do vilarejo, vi um grupo de pessoas olhando para nós, como se estivessem ‘caçando a presa’. Percebi que algo estava errado. Em pouco tempo, nos aproximamos daqueles homens. Eram oficiais do governo", relata a cristã. Eles foram ao quarto de Jia, revistaram e confiscaram o celular, notebook e iPad dela para investigação. “Eu e meu marido fomos com eles até a delegacia. Fui chamada de novo e, mais uma vez, o interrogatório durou mais de dez horas. Meu marido foi interrogado três vezes. Sentimos tanta pressão. Temíamos dizer algo errado ou soltarmos alguma informação que pudesse colocar outros em risco", disse Jia. Denúncia por acidente Quando Jia encontrou os policiais pela segunda vez, eles perguntaram diretamente para ela: “Como você conheceu a Jesus?”. Jia viu, então, uma oportunidade de ouro para compartilhar o evangelho e contou seu testemunho. A conversa com os policiais seguiu até que eles perguntaram quem apresentou Jesus para a cristã. Jia disse o nome da pessoa e, em pouco tempo, eles encontraram o contato no telefone dela. Não levou muito tempo para que ela percebesse que havia colocado a amiga em perigo. “Me senti culpada e ao mesmo tempo derrotada. Não sei se algo aconteceu com minha amiga, mas fomos liberados pelos policiais”, ela conta. Um parceiro local da Portas Abertas, Yu*, conheceu Jia e sua história e disse ao descrevê-la: “Jia é gentil e caridosa. É uma ótima ouvinte e uma potencial parceira com quem podemos nos conectar". Houve momentos em que Jia não entendia o que estava acontecendo com eles, mas ela se lembrava do que Romanos 8.28 diz, que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus”. E, assim, ela e o marido conseguiram encontrar descanso e encorajamento em Cristo. “Acredito que quando chegam momentos como esse, costumamos pensar que os líderes cristãos não precisam de tanta ajuda quanto os outros cristãos locais. É muito provável que as necessidades dos ministros sejam omitidas. Nosso ministério deve ser apoiar os ministros de Deus que estão passando por momentos difíceis com as autoridades”, disse Yingfei*, outro parceiro local. *Nomes alterados por segurança. Pedidos de oração Ore pela segurança da amiga de Jia citada durante o interrogatório. Interceda pelo ministério de Jia, do marido e dos parceiros locais na China no serviço à Igreja Perseguida. Clame a Deus para que o evangelho pregado por Jia aos oficiais gere frutos de salvação. fonte https://portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/crista-e-interrogada-por-dez-horas-na-china  

Deixe um comentário

× Fale com Apostolo Helio?