Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
DESPERTA Ó TU QUE DORMES!
Atos 29 Noticias


(Ap. Helio Ribeiro do Lago – Editorial do Boletim Atos 29 nº 938 - 20/08/23) O sono foi concedido por Deus para o descanso físico, reposição das forças e energias consumidas durante um dia de esforços e, ou, de trabalho. Algumas pessoas não têm muitas dificuldades de levantar-se de manhã, de madrugada ou a noite para o tralho ou para uma viagem, mas, para a maioria das pessoas é “muito difícil”, elas ficam protelando para se levantar daqui a dez minutos, mais cinco, mais um, até que não dê mais... Porque o sono tira o domínio das pessoas. Na vida espiritual, não é muito diferente. Todos nós já passamos por algum momento de desânimo, de comodismo ou com vontade de deixar tudo e “chutar o balde”. Sabemos, se chutando o balde, perdemos tudo o que está dentro, todos os valores, na vida espiritual. Às vezes, na vida, devido a algum “deslize ou escorregão” perdemos alguma ou muita coisa ou tudo. O inimigo quer nos tirar tudo, porque “ele veio senão para roubar, matar e destruir” (Jo. 10:10). O apóstolo Paulo exortando a igreja de Éfeso, até parece que está dizendo para a igreja de hoje, ele disse: “Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus.” (Ef. 5:14-16). Remir o tempo significa “ter poder sobre o nosso tempo, resgatá-lo e usá-lo com sabedoria para as coisas que são verdadeiramente importantes.” Então vemos principalmente nos nossos dias, as pessoas sem tempo com Deus e para Deus, tão ocupadas com futilidades, coisas sem necessidade, sem valor e passageiras, e, olha que a igreja de Éfeso era uma das melhores daquela época, pois, foi exortada a se despertar do sono espiritual, com certeza, naquele meio tinha muitos, já mortos, sem salvação, como nos nossos dias. Desperta tu que dormes pode ser aplicado às pessoas salvas, mas que estão vencidas por um sono espiritual. Levanta-te dentre os mortos. A expressão “mortos” aqui refere-se às almas que ainda não passaram pelo novo nascimento, que ainda estão mortas espiritualmente, estão perdidas indo para o inferno, “até feliz”, misericórdia irmãos!!! Quem são os que estão dormindo? Aqueles que, aos pouco, foram concordando com as práticas antibíblicas e acabaram se enfraquecendo na fé. Caíram num sono espiritual voltando a viver os valores do mundo. Vão à igreja, mas não sentem mais aquele fervor como no início da conversão. Fazem tudo, como se fosse no piloto automático, ficando indiferentes as verdades da palavra ministrada. A nossa luta não é contra a carne e o sangue, nós precisamos nos vigiar o tempo todo. O inimigo tem provocado sonolência espiritual, mas o Espírito Santo está insistindo: acorda! Desperta! Estamos numa guerra espiritual constante! Como na igreja de Éfeso, muito mais hoje, existe pessoas desviadas e desviando, e, é a causa do afastamento de Deus, pois a queixa de Jesus é a mesma de hoje: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” (Ap. 2:4). Abandonar o primeiro amor é o esfriamento, é o apagar do fogo ardente do Espírito Santo no interior de cada um, levando a desvios de conduta, mau testemunho,... até à apostasia, o abando da igreja e o total abandono de Deus, que diz em Hebreus 10:23-25: “Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.” Notem bem, “quanto vedes que o Dia se aproxima”, é isso mesmo: é a volta de Jesus, no arrebatamento para buscar os seus escolhidos, e o julgamento dos perdidos! Por outro lado, nós vemos imperando a igreja de Laodicéia, nesse tempo, depois da pandemia, um esfriamento quase total: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca; pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.” (Ap. 3:15-17). Vejam, “nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu”. Isto não somente espiritual, mas também materialmente falando. Mas, ainda há oportunidade, continua adiante: “Eu repreendo e disciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.” (Ap. 3:19-20). Está na hora de despertar do sono. Temos insistido aos irmãos a participar dos cultos nos domingos, terças e quintas-feiras nas células. Precisamos buscar mais a Palavra, a Oração, a Evangelização, a Santificação... vamos nos apegarmos aos 4 princípios das célula: Ganhar (salvar), Consolidar, Treinar e Enviar. “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor...” (Hb. 12:14). (Ler parábola das 10 virgens - Mt. 25:1-13).

× Fale com Apostolo Helio?