Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
Líderes cristãos se unem em prol da liberdade religiosa em Cuba
Atos 29 Noticias


Mais de 50 líderes cristãos se uniram para pedir ao governo que respeite e proteja a liberdade religiosa em Cuba. A declaração foi enviada no dia 8 de novembro em nome da Aliança de Cristãos de Cuba com a solicitação de que o governo “respeite o direito de cada cidadão cubano de exercer todos os direitos inerentes e que não sejam perseguidos por isso”. “Cada movimento religioso na ilha deve exercer o direito de associação, obter o registro legal e proteção da lei, além da libertação daqueles que foram presos por exercer esses direitos”, detalhou o documento. A redação da carta foi motivada pelo aumento da hostilidade das autoridades contra os cristãos.


Desde os protestos em 2021, o regime cubano intensificou as estratégias de repressão a qualquer grupo que pareça se opor ao governo, o que inclui líderes cristãos. “Essa situação não mudou em 2023. A opressão sobre vozes dissidentes aumentou sistematicamente”, diz uma analista da perseguição da Portas Abertas.

Repressão crescente


Em 2022, o pastor Lorenzo Rosales Fajardo foi sentenciado a sete anos de prisão depois de ter participado de um protesto pacífico. Cuba voltou à Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2022, entre os 50 países onde há mais perseguição aos cristãos e se manteve no ranking em 2023. Na última pesquisa, o país saiu da posição 37° na LMP 2022 para 27° na LMP 2023, ou seja, superou dez países no aumento da perseguição. O governo também busca controlar a igreja ao tornar praticamente impossível registrar novas comunidades cristãs, o que força cristãos a se reunirem em segredo e ilegalmente para os cultos. Se descobertas, as igrejas podem ser punidas com multas, fechamento e até mesmo a demolição dos templos.


De acordo com o Observatório dos Direitos Humanas em Cuba (OCDH, da sigla em inglês), apenas no ano passado, mais de mil incidentes de violação da liberdade religiosa foram registrados. “Há muito trabalho a ser feito e desafios a serem superados sob a constante vigilância do governo. Compartilhamos os recursos para que as atividades [cristãs] possam continuar”, disse um parceiro local. Recentemente, um voluntário cristão foi alvo de discriminação. Ele foi interrogado sob a alegação de ser membro de uma “organização terrorista” e precisa de nossas orações. Interceda também por outros cristãos perseguidos em Cuba e para que as solicitações enviadas na carta pelos líderes cristãos sejam atendidas pelas autoridades.


fonte https://portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/lideres-cristaos-se-unem-em-prol-da-liberdade-religiosa-em-cuba

× Fale com Apostolo Helio?