Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
O que mudou na Lista Mundial da Perseguição 2024?
Atos 29 Noticias


Ontem foi publicada a Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2024, o ranking de 50 países com maiores índices de perseguição aos cristãos. Um dos fatos curiosos sobre a a LMP 2024 é que não entraram novos países entre os 50 países mais perigosos, o que mudou nessa parte do ranking foi o aumento da intensidade da perseguição e a posição de algumas nações, como a ascensão de países como Laos e Nicarágua em detrimento da queda de outras nações, como Turquia e Indonésia. Enquanto em 2023, 11 países apresentavam perseguição extrema a cristãos, em 2024, o número subiu para 13 nações. Esse número reflete o aumento do total de cristãos perseguidos atualmente que subiu de 360 milhões na LMP 2023 para 365 milhões na LMP 2024. As duas novas nações com perseguição extrema são Arábia Saudita e Síria, que em 2023 estavam na LMP, mas com perseguição severa.

Quem subiu ou desceu na Lista Mundial da Perseguição 2024?


Ao todo, 21 países subiram de posição, 21 desceram e oito mantiveram a posição na LMP 2024. Entre os que mais subiram destacam-se a Nicarágua, que subiu 20 posições (de 50° na LMP 2023 para 30° na LMP 2024), Omã, que passou de 47° para 31° lugar e Cuba e Marrocos que subiram cinco posições, respectivamente.


A escalada da Nicarágua no ranking é resultado do aumento das restrições do governo Ortega sobre as igrejas, com a prisão arbitrária de líderes cristãos e fechamento de instituições cristãs, como universidades. Já as nações que mais caíram foram Colômbia, que desceu 12 posições (de 22° para 34° lugar), Vietnã, com queda de dez posições, e Indonésia e Turquia com nove posições, que levou a Turquia para o fim do ranking dos 50 primeiros países da Lista Mundial da Perseguição 2024. Outra mudança significativa foi a mudança no Top3 da Lista Mundial da Perseguição 2024. O Iêmen que estava entre os três países mais hostis aos cristãos em 2023 foi superado pela Líbia, que subiu do 5° lugar para 3° na atual LMP. Já na Lista de Países em Observações (LPO) 2024, ou seja, as nações com índices significativos de perseguição aos seguidores de Jesus, mas menores do que os 50 primeiros países da Lista Mundial da Perseguição, três nações entraram no ranking: Ucrânia, Israel e Líbano.


fonte https://portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/o-que-mudou-na-lista-mundial-da-perseguicao-2024

× Fale com Apostolo Helio?