Atos 29 Noticias
Atos 29 Noticias
Por que Unir-se a uma Igreja?
Atos 29 Noticias


Uma das coisas mais contra-culturais que podemos fazer é nos tornarmos membros ativo de uma igreja fiel local. Em nossa era de volúvel e sem compromissos, nem os não-cristãos, nem os cristãos estão naturalmente inclinados a encontrar um lugar para fincar raízes e fazer compromissos objetivos e duradouros para o bem dos outros. Queremos manter uma grande variedade de opções e, acima de tudo, preservar a nossa própria liberdade de escolha, ao invés de fazer um pacto a longo prazo e assumir um compromisso para toda a vida, com todos os seus altos e baixos.


Mas e se você nadasse contra a correnteza e se tornasse parte da solução para o problema moderno de ser tão avesso a compromissos? E se você se juntasse à rebelião, e prometesse sua lealdade e compromisso a uma igreja local que ama e acredita na Bíblia?

Será que a Bíblia Sequer Menciona Membresia?


A maioria de nós teve, a alguma altura, dúvidas sobre o conceito de membresia de uma igreja. “Membresia” – onde vemos isso no Novo Testamento? É realmente essencial juntar-se a uma igreja? Não posso obter tudo que eu preciso como um cristão sendo um visitante frequente? É verdade que o Novo Testamento não faz nenhuma menção direta do nosso conceito moderno de membresia. O avanço inicial do evangelho em um mundo pagão e pré-cristão era uma situação diferente da que nos encontramos hoje em nossa sociedade cada vez mais pós-cristã. As complexidades da vida dois milênios mais tarde, tornam a membresia a uma igreja mais difícil e mais importante que nunca. Não só estamos menos inclinados a assumir compromissos firmes, mas as nossas cidades e vilas também são muito maiores, e as opções de igreja, mais diversificadas.


Mas quer você chame de “membresia”, “parceria”, ou qualquer outra coisa, o Novo Testamento pressupõe alguma forma de pertencimento comprometido e responsável como uma realidade para todos os verdadeiros seguidores de Jesus. Cada cristão tem um lugar definido para pertencer. Ser batizado é tornar-se parte do corpo de uma igreja. John Piper comenta sobre o novo testamento que : “ser excluído da igreja local era ser excluído de Cristo.”

Seis Razões para Fincar Raízes


Aqui, então, são seis razões, entre muitas, para nadar contra a correnteza, criar raízes, participar de uma igreja local, e ser tão envolvido quanto possível na vida da igreja.

1. Sua Própria Garantia


Ser aceito como membro em uma igreja fiel às escrituras e liderada responsavelmente, afirma e reforça a confiança de que a sua fé é real, que não é uma religião própria, privada e feita para si mesmo , mas parte de uma “fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos.” (Judas 3). Jesus dá a sua igreja “as chaves do reino dos céus”, e de acordo com Mateus 16:19, “o que ligares na terra terá sido ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus.” Não é pouca coisa para uma igreja local sólida declarar a sua profissão de fé como sendo digna de confiança, e sua conduta e estilo de vida como sendo retos, e aceitá-lo como membro.


Há mais graça nisto, em nossa segurança, do que a maioria de nós compreende.

2. O Bem de Outros


Esta é talvez a razão mais frequentemente esquecida quando se fala de juntar-se a uma igreja. Em nossa tendência a olhar para nós mesmos, consideramos as razões relacionadas diretamente a nós, mas ignoramos como nossa membresia afeta os outros. Nosso pertencimento a algum lugar estabelece uma base a partir da qual podemos cuidar de outros de forma confiável. Há dois lados em uma membresia e não podemos exigir responsabilidade de outros a um pacto ao qual nós mesmos não nos associamos.


O verdadeiro amor não é apenas manifesto em afeto e ação, mas também em fidelidade. Não amaremos plenamente nossos irmãos e irmãs em Cristo se não prometermos nossa lealdade a eles pactuando com eles na vida local da igreja. O amor não diz: “amo estas pessoas, mas não preciso de uma aliança com eles.” Ao contrário, ele diz: “amo estas pessoas o suficiente para formar um pacto com elas.” Viver a vida cristã em comunidade é mais do que apenas formar relacionamentos, é comprometer-se uns aos outros para estarmos presentes quando a vida estiver difícil, na doença e na tristeza.

3. Seu Próprio Bem


Por outro lado, é para seu próprio bem ter outros membros comprometidos com a tarefa de cuidar genuinamente de você em Cristo. E as pessoas que cuidarão de você melhor a longo prazo serão aquelas que estão dispostas a se comprometer a isto. Juntar-se à igreja também identifica você formalmente como parte do rebanho que os pastores e presbíteros devem pastorear (1 Pedro 5: 2) e sobre o qual eles devem olhar (Atos 20:28). É para o seu próprio bem ser incluído entre os que estāo nos pensamentos e cuidados da liderança da igreja.

4. O Bem de Seus Líderes


Ligado a isto também, está a clareza que ela traz à liderança sobre quem está em seu rebanho, “que lhes foram confiados” (1 Pedro 5: 3), quem, em particular, eles são chamados a servir e pastorear. Em outras palavras, sua adesão formal à igreja ajuda os pastores e presbíteros a fazerem o seu trabalho. Como eles irão pastorear o rebanho se não souberem quem é parte dele e quem não é? É difícil, se não impossível, respeitar e estimar os seus líderes (1 Tessalonicenses 5: 12-13), honrá-los (1 Timóteo 5:17), e obedecer e se submeter a eles (Hebreus 13:17) sem se identificar a eles e submeter-se à estrutura da membresia que lhes permite conhecer e cuidar melhor daqueles sob sua responsabilidade.

5. O Bem dos Incrédulos


Outro bom motivo para participar de uma igreja é para o bem daqueles que ainda não estão lá – até mesmo aqueles que ainda não conhecem Jesus, porque propagamos melhor o evangelho e mostramos melhor a Cristo quando somos parte de uma comunidade comprometida e estável. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros” (João 13:35). Um cristão solitário não dá o melhor testemunho de Cristo. Ao contrário, alguém que cria raízes, tem um lar, e é parte de uma comunidade sólida de apoio está melhor preparado para atrair outros para o reino.


Viver em comunidade é cada vez mais importante para o nosso testemunho atualmente. Como cristãos que são verdadeiramente fiéis à voz de Cristo são cada vez mais raros, precisamos de outros crentes para testemunhar que nós não estamos sozinhos em nossos pontos de vista aparentemente estranhos, tanto na história quanto hoje. E a comunidade junta serve para para expor a Cristo ao invés de um ou outro cristão. Isso acontece melhor, não em relacionamentos não confiáveis e em que não há compromisso, mas sim em um relacionamento profundo, comprometido e a longo prazo chamado “igreja local”, estabelecida e sustentada na sabedoria e poder do próprio Jesus.

6. Sua Própria Perseverança


Finalmente, pactuar com outros agora para não deixá-lo desviar-se do evangelho pode um dia se mostrar como sendo uma medida inestimável para a sua perseverança na fé – e sua eternidade com Cristo. É, afinal de contas, como disse Jesus: “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mateus 24:13). Ao fazermos um bom pacto com uma igreja local, fazemos um compromisso de prestar contas de nossas ações, enquanto estamos firmes na fé, caso algum dia o pecado se estabeleça em nossos corações e nos cegue para a verdade. A disciplina eclesiástica é difícil, mas muito boa. O objetivo é sempre a restauração, e Deus muitas vezes tem tido o prazer de usar este meio difícil para derramar sua graça surpreendente. “Meus irmãos, se alguém dentre vós se desviar da verdade e alguém o converter, sabei que aquele que fizer converter um pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.” (Tiago 5:19-20)


Publicado originalmente em Desiring God. David Mathis (@davidcmathis) é diretor executivo do desiringGod.org e pastor na Cities Church, em Minneapolis/St. Paul, EUA. É casado, pai de quatro filhos e autor de “Habits of Grace: Enjoying Jesus through the Spiritual Disciplines” (Hábitos de Graça: Desfrutando de Jesus Através das Disciplinas Espirituais).


fonte https://coalizaopeloevangelho.org/article/por-que-unir-se-a-uma-igreja/

× Fale com Apostolo Helio?